Exploração de Instalações Elétricas – TREIE

A publicação da Lei nº14/2015 de 16 de Fevereiro, vem estabelecer novos requisitos de acesso e exercício da atividade dos técnicos responsáveis pela exploração das instalações elétricas. O presente diploma revoga o Decreto-lei 229/2006 e o Decreto Regulamentar de 31/83 de 18 de abril.

  • Instalações de 1.ª categoria (ou tipo A), de potência instalada superior a 20 kVA.
  • Instalações de 2.ª categoria (ou tipo B) e de 4.ª categoria alimentadas em alta tensão.
  • Instalações de 4.ª categoria alimentadas em baixa tensão, de potência instalada superior a 20 kVA.
  • Instalações estabelecidas em locais sujeitos a risco de explosão, de potência instalada superior a 20 kVA.
  • Instalações dos seguintes estabelecimentos recebendo público:
  1. Casas de espetáculos em recinto fechado de potência instalada superior a 10 kVA;
  2. Casas de espetáculos em recinto vedado de 1.º grupo (>1000 pessoas);
  3. Estabelecimentos hospitalares e semelhantes do 1.º grupo (>100 pessoas);
  4. Estabelecimentos de ensino, cultura, culto e semelhantes do 1.º grupo (>200 pessoas);
  5. Estabelecimentos comerciais e semelhantes do 1.º grupo (>200 pessoas).
  • Instalações de estabelecimentos industriais que pertençam à 5.ª categoria (ou tipo C) e empreguem mais de duzentas pessoas ou tenham potência superior a 100 kVA.
  • Instalações de estabelecimentos agrícolas e pecuários, de potência instalada superior a 100 kVA.
  • Instalações de balneários públicos e piscinas, de potência instalada superior a 10 kVA.
  • Instalações de parques de campismo e de portos de recreio (marinas).
  • Instalações de estaleiros de obras, de potência instalada superior a 10 kVA.

O técnico responsável pela exploração deverá inspecionar a instalação elétrica com a frequência exigida pelas características da exploração, a fim de verificar as condições de segurança das instalações elétricas, proceder às verificações, ensaios e medições regulamentares, junto do Ministério da Economia e da Inovação. Incluímos na Exploração de instalações a caracterização inicial do consumo de energia e sob pedido podemos assegurar a manutenção integrada da instalação elétrica, incluindo os trabalhos de conservação do posto de transformação.

Asseguramos através deste serviço o acompanhamento do cliente em termos de assessoria energética da empresa.

Fazem parte das tarefas do técnico responsável pela instalação elétrica:

Tarefas/Verificações do TREIE:

– Visitas Semestrais;

– Enviar á DGEG relatório semestral (mod. 937 do INCM);

– Medição da resistência dos contactos dos eléctrodos de terra;

– Verificação da qualidade e da cuidadosa execução das ligações da aparelhagem;

– Verificação dos sistemas de proteção de pessoas e das proteções contra sobreintensidades e sobretensões, quando existam;

– Análise às faturas de eletricidade procurando sempre a melhor solução;

– Análise Termográfica e qualidade de energia;

– Compensação do fator de potência;

– Apoio á eficiência energética;

Assim o técnico responsável pela exploração fará um acompanhamento, ao longo do tempo, do estado de manutenção das instalações elétricas.

A eletricidade é um elemento indispensável para o funcionamento das empresas.